Cruzeiro

De Odivelas para o Mundo

Faixa Atual

Título

Artista

Atual

Atual


CGTP JUNTA MILHARES EM LISBOA

Escrito por em Novembro 21, 2021

CGTP EM PROTESTO CONTRA OS BAIXOS SALÁRIOS E A PRECARIDADE

Lisboa, 20 Novembro 2021 – A secretária-geral da CGTP, Isabel Camarinha, acusou o Governo de “passar ao lado das grandes questões laborais e de dar a mão ao patronato, ao permitir uma política de salários baixos e o crescimento da precariedade”, declarou a líder da intersindical durante o discurso na manifestação nacional da CGTP do passado sábado, convocada para exigir melhores condições laborais que juntou milhares de pessoas em Lisboa.

No discurso, de quase meia hora, Isabel Camarinha explicou os motivos para a manifestação e afirmou “a precariedade é um retrocesso, é parte do tal regresso ao passado. Não é moderno, mesmo que esteja associada a plataformas digitais. Um trabalhador sem direitos com uma mochila às costas não é sinal de inovação, mas de exploração”.

Acrescentou ainda; “o Governo PS dá assim a mão ao patronato que quer ver os salários estagnados, com a recusa da revogação da caducidade ou a não reintrodução do princípio do tratamento mais favorável na contratação coletiva. A nossa luta e ação de denúncia conduziu a suspensões da caducidade, ao reconhecimento generalizado que esta norma é um entrave à negociação, mas as opções do PS, convergindo com o PSD, o CDS e os seus associados do Chega e da Iniciativa Liberal e os seus compromissos com o grande patronato, têm inviabilizado a sua revogação”.

Referindo-se ás próximas eleições, Isabel Camarinha destacou a importância da “luta e do voto dos trabalhadores” e avisou que haverá partidos que se farão de “vítimas”, mas que “têm a sua inspiração nos tempos sombrios do fascismo ou do liberal salve-se quem puder”.

Marcado como

Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *