Cruzeiro

De Odivelas para o Mundo

Current track

Title

Artist

Current show

Current show


OPINIÃO/CRUZEIRO: VAMOS LÁ POR PARTES – A LUZ, O MUNDO AO CONTRÁRIO, OS PROFESSORES E BARREIRAS

Written by on Março 19, 2018

Vamos lá por partes

Eu vi a luz

A EDP pagou em 2017, sobre os seus lucros, uma taxa de 0,7%.

A mais baixa, até agora, de todas as empresas cotadas em bolsa e que já apresentaram as suas contas. O resultado apurado ronda os 1,52 mil milhões de euros e o IRC pago os 10,3 milhões de euros. Acresce a isto tudo, que os dividendos que vão ser pagos serão taxados, aos particulares a 28%, enquanto a empresa chinesa vai pagar “nickles” …………….

Andámos a vender empresas a outros estados, que seriam sempre uma mais-valia para o estado português, mas vá-se lá saber porque razão o fizémos. Deixo-vos, como exemplo, algumas percentagens de pagamento de IRC de outras empresas: Semapa 7,1%, BCP 9,5%, Jerónimo Martins 26,9%……………….

Em Portugal, a taxa média de IRS, que atingem as famílias, é de 12%.

 

O mundo ao contrário…….

O dono da Amazon, Jeff Bezos, tornou-se o homem mais rico do mundo, destronando Bill Gates depois de vinte e quatro anos da permanência deste no primeiro lugar.

O fundador deste gigante da distribuição tem uma fortuna avaliada em 112 mil milhões de dólares, contra os 98 mil milhões de Gates. Os oito homens mais ricos do planeta têm mais dinheiro que 3,8 bilhões de pessoas mais pobres do planeta.

Existem, de facto, alguns fenómenos, que nunca iremos aceitar “normalmente”……

 

Professores

Nada me move quanto aos professores. Acontece, que, mais uma vez, estão a ser usados pelo poder político sindical para mostrar serviço. Aliás, gostava de saber por onde andou Mário Nogueira, e outros dirigentes sindicais, em 2015 e 2016. Aproximam-se eleições legislativas e as greves vão de certeza regressar ao nosso quotidiano. Não ponho em causa as razões desta luta, mas essas mesmas razões só existem em 2018? Prejudicados? Fomos todos! No meu caso concreto, posso afirmar que me foi sonegado mais de 50% do subsídio diário de almoço e a totalidade do subsídio de transporte, entre outras medidas. Este reacender de algumas lutas está directamente relacionado com a derrota política, que essas mesmas forças tiveram nas eleições autárquicas. Existem derrotas muito difíceis de suportar!

Barreiras

Existe na sociedade portuguesa a fobia do curriculum, quando se trata de atingir patamares de relevo na política, que só tem paralelo no mundo do trabalho com aqueles que toda a vida assinaram como doutores sem nunca terem sequer feito um bacharelato.

Vêm estas notas a propósito de mais um caso de um curriculum, que afinal não era verdadeiro, mais concretamente o de Feliciano Barreiras Duarte.

José Barão das Neves