Cruzeiro

De Odivelas para o Mundo

Faixa Atual

Título

Artista

Atual

Ecos do Bairro

12:00 13:00

Atual

Ecos do Bairro

12:00 13:00


PASSE “NAVEGANTE – ODIVELAS” NÃO INCLUI A CARRIS

Escrito por em Março 27, 2019

A partir de Abril os passes sociais vão ficar  mais baratos e haverá o passe Municipal e um outro inter municipal, o Passe Metropolitano que servirá para todos os transportes públicos terrestres na Área Metropolitana de Lisboa e permitirá viajar entre Mafra e Setúbal, pelos 18 municípios da Área Metropolitana de Lisboa.
O primeiro terá um custo mensal de 30 euros e o segundo custará 40 euros. Para crianças até aos doze anos o passe é grátis e quem tiver 65 anos ou mais beneficiará de um desconto de 50%. Terminam os descontos para estudantes, até aqui, aplicados por alguns operadores, mas em ambos os casos, Municipal e Metropolitano haverá a versão de passe familiar, em que cada família pagará 60 ou 80 euros seja qual for o número de pessoas que compõem o agregado familiar.
Em Odivelas, o passe Municipal designa-se por “Navegante Odivelas”, mas segundo as várias fontes contatadas, não abrange a utilização da Carris no percurso feito no concelho de Odivelas, ou seja, entre as Patameiras e o Senhor Roubado.
Questionada pela RÁDIO CRUZEIRO a Carris aconselha a aquisição do passe “Navegante Lisboa”, que pode ser utilizado em todas as suas linhas, o que não é solução, uma vez que esse passe não poderá ser utilizado para deslocações dentro do concelho de Odivelas, Pontinha, Caneças, Póvoa de Santo Adrião, por exemplo. Outra opção, apontada pela Carris seria a aquisição do Passe Metropolitano, que custa 40 euros, mais dez que o “Navegante Odivelas”.
Nos outros concelhos, onde penetram carreiras da Carris esta situação não se coloca, como em Loures, nos casos do Prior Velho, Moscavide ou Portela, em Oeiras, relativamente à Outurela, ou na Amadora, na  situação da Reboleira, não tendo sido possível ainda, à RÁDIO CRUZEIRO confirmar a realidade em relação a Almada.
Em Nota de Imprensa a CDU já fez saber que “considera tal situação inaceitável, pelo que envidará
todos os esforços junto de das entidades competentes (CMO e AML) para que a mesma seja revertida
de imediato” uma vez que, “O princípio que norteou a criação e implementação do passe social único foi o de poder ser utilizado em todos os transportes dentro da área do respetivo concelho. Em todos os outros 17 concelhos da AML isso acontece
Também o PSD/Odivelas, em comunicado “repudia veementemente, a já conhecida falta de capacidade de negociação do presidente da Câmara Municipal, que se materializa num total desrespeito pela necessidade de acesso aos transportes dos odivelenses”
Apesar das variadas insistências desde terça-feira, feitas pela RÁDIO CRUZEIRO, não foi possível saber a posição do executivo municipal.
Marcado como