Cruzeiro

De Odivelas para o Mundo

Current track

Title

Artist

Current show

Power Play

20:00 23:59

Current show

Power Play

20:00 23:59


OPINIÃO/CRUZEIRO: VAMOS LÁ POR PARTES – PUBLICIDADE ENGANOSA, PAREDES DE VIDRO E CORAGEM

Written by on Abril 2, 2018

Vamos lá por partes

Publicidade enganosa

O governo e os seus parceiros da geringonça anunciaram com pompa e circunstância as pensões antecipadas (sem cortes) para quem tivesse, pelo menos, 48 anos de descontos para a Segurança Social.

Acontece que o novo regime não é tão generoso como nos quiseram fazer querer. Vejamos. O trabalhador pode reformar-se sem sofrer um corte imposto pelo factor de sustentabilidade, que anda na ordem dos 14,5%, é verdade, mas por sua vez perde o direito a todas as bonificações que iria receber por já ter muitos anos de trabalho. Ou seja adeus lucro que me dás prejuízo…………..

O governo acabou com o factor de sustentabilidade, mas acabou também, para estes trabalhadores, com a bonificação pelos anos trabalhados a mais para além dos 40, conforme está devidamente previsto. Estamos perante um caso de publicidade enganosa, se me é permitido o termo, pois as longas carreiras contributivas podem passar à reforma, mas não é sem “qualquer penalização” conforme afirmaram! Mas, o mais relevante é que o novo regime não veio alterar o factor, em vigor, de bonificações das longas carreiras contributivas, pelo que não se entende porque razão as mesmas não são aplicadas.

Paredes de Vidro

Em tempos, este termo foi muito utilizado por um partido político com assento na assembleia da república, pelo que me recordei dele a propósito da criação de uma comissão para a transparência do exercício de cargos públicos, mais uma.

Já temos as respectivas comissões na assembleia da república, o tribunal constitucional, o tribunal de contas, a entidade das contas e financiamentos políticos, e eis que agora os deputados resolveram criar uma comissão. Ela sim, é que vai trazer transparência, ética e valores até agora reclamados pelos que sentem que a democracia não tem dono. E quem vai decidir nesta nobel comissão? Os mesmos deputados que a criaram! Para melhor está bem, está bem, para pior já basta assim……………….

Coragem

Arnaud Beltrame,  o tenente-coronel da polícia francesa que se ofereceu para trocar de lugar com uma mulher, que trabalhava na caixa de um supermercado de Trèbes, merece o nosso respeito e merece a nossa admiração. Não conheço muitos que fossem capazes de ter esta coragem. O gesto deste homem fez mais pela luta contra o terrorismo do que muitas intervenções de lideres europeus.

Ser corajoso na vida é algo que não se compra, ser corajoso tem um preço e o mais elevado grau dessa mesma coragem ficou espelhado na perda da vida deste herói francês.

José Barão das Neves