Cruzeiro

De Odivelas para o Mundo

Faixa Atual

Título

Artista


ODIVELAS VAI FAZER 20 ANOS

Escrito por em Novembro 13, 2018

Na semana que antecede a efeméride continuamos a publicar as memórias de Jorge Mendes, um dos grandes impulsionadores da criação do novo município.

(continuação)

Não posso deixar de homenagear também presidente do M.O.C. e Edmundo Assunção que em parecia com Helena Morgado elaboraram o documento base para prova da necessidade e viabilidade da criação do novo município.

Fizemos reuniões com os presidentes de junta, com população (participação fraca) e com membros das Assembleias de Freguesia, nesta fase aparecem novos membros, nomeadamente José Esteves. Foi por unanimidade que as Assembleias de Freguesia aprovaram a criação do município, mas só no final do processo, pois havia muitas reservas, hesitações e receios de perca do “tacho”. Começam a aparecer os “passageiros” atrasados com medo de perderem o comboio. Como foi divertido, enfim. Não estivemos deliberadamente na Assembleia Municipal de Loures, pois pensávamos poder prejudicar as posições tomadas algumas de algum modo envergonhadas, não sito nomes por uma questão de elegância, nem da criação de um moc dentro do M.O.C. O comboio já estava em velocidade de cruzeiro e os “passageiros” procuram os melhores lugares.

Sobre Jorge Mendes, escrevia na altura o jornalista Paulo Aido que era “o rosto mais mediático de um movimento que quer Odivelas como concelho. Filiou-se no PS e tem suscitado dúvidas e embaraços ao PCP. Mas ele promete que o movimento é suprapartidário e quando deixar de o ser bate com a porta”, uma descrição que Jorge Mendes corrobora nas suas memórias sobre a criação do concelho de Odivelas.

Era assim que pensava…não trazia “água no bico”, nada faço por interesses pessoais, como não gosto de usar farda – respeito os que as usam – envolvi-me com os políticos considerando-me também um deles ,mas miliciano e nunca de carreira . Ser autarca foi uma honra nomeadamente ao lado do V.Peixoto em Odivelas e António Costa em Loures. Um à parte se me permitem, gostava agora que aquele António agora primeiro ministro ouvisse os amigos que tem em Odivelas.Esta nossa luta também foi a dele.Claro que estou a referir a situação do Metro. Não queremos Meios METROS“.

Mais um elemento importante nesta luta. Edgar Valles, em entrevista afirmava que nova alma e nova qualidade de vida seria a recompensa e o deputado Manuel Coelho (PS)colocava a “cabeça no cepo” em nome de um compromisso de honra assumido

Apesar do apoio vindo de Florindo Pinto desde Esmoriz, onde a Pró-Municipalis  tinha a sua sede, por cá surgiam dificuldades. Fátima Amaral, na altura presidente da Pontinha afirmava na Gazeta de Odivelas, edição de 14/05/1996 que “ nunca concordarei que Odivelas lidere o movimento a Concelho”.

(continua)

Recordamos que Jorge Mendes e José Barão das Neves vão estar este sábado em direto na RÁDIO CRUZEIRO, no programa do Departamento de Informação, “Espaço Entrevista”, com edição de Bruno Lourenço, para nos recordarem os espinhos e as rosas que levaram à criação do novo município.