Cruzeiro

De Odivelas para o Mundo

Current track

Title

Artist

Current show

Current show


NO DIA 15 DE JUNHO ACONTECEU NO ANO …

Written by on Junho 15, 2020

Aconteceu em 15 de Junho no ano …

SÃO VITO – Faleceu em 303 no sul de Itália, seus restos mortais foram associados a curas de doenças e da possessão por demónios, diz a lenda que se converteu com sete anos, fugiu às perseguições para Roma, conseguiu expulsar o espírito maligno dum dos filhos do Imperador Diocleciano, outra lenda diz que recusando–se a renegar a fé foi atirado para um caldeirão com água a ferver, saindo de lá refrescado e que um leão enviado para o comer, lhe lambeu os pés, por fim um anjo libertou–o e transportou–o para a Lucânia, onde faleceu, é o padroeiro dos dançarinos, atores e comediantes, é invocado por pessoas que sofrem da doença de Sdenham, contra mordidelas de cão e de cobra, relâmpagos e tempestades.

1215 – O Rei João I de Inglaterra ou João Sem Terra, assinou perante o clero e os barões do reino a Magna Carta Libertatum seu Concordiam Inter Regem Johannen at Barones Pro Concessione Libertatum Eclesiae et Regni Angliae ou Carta Magna das Liberdades, ou Concórdia entre o Rei João e os Barões para a Outorga das Liberdades da Igreja e do Rei Inglês, redigida em bárbaro, documento fundamental na história das instituições políticas baseadas no parlamentarismo “.. por nós e pelos nossos sucessores, para todo o sempre, o seguinte: a Igreja de Inglaterra será livre e serão invioláveis todos os seus direitos e liberdades: e queremos que assim seja observado em tudo e, por isso, de novo asseguramos a liberdade de eleição, principal e indispensável liberdade da Igreja de Inglaterra, a qual já tínhamos reconhecido antes da desavença entre nós e os nossos barões ..”, e ainda “Concedemos também a todos os homens livres do reino, por nós e por nossos herdeiros, para todo o sempre, todas as liberdades abaixo remuneradas, para serem gozadas e usufruídas por eles e seus herdeiros, para todo o sempre..”.

1520 – O papa Leão X ameaçou excomungar o frade agostinho Lutero que em 1517 lançara a reforma protestante, desafiando a autoridade da igreja católica romana para definir as doutrinas e práticas.

1751 – Publicada pelo Papa Bento XIV a segunda bula sancionando com a excomunhão todos os católicos que fossem maçons.

1756 – Os portugueses foram derrotados em Goa pelos maratas.

1760 – Por ordens do Marquês de Pombal, o Brigadeiro Luíz de Mendonça entrou de mão armada no Palácio do Núncio e intimou–o a abandonar o reino em quatro dias, tendo sido transportado à outra banda do Tejo e conduzido sob escolta à fronteira, num gesto que visava o corte de relações da corte com o papado.

1846 – Realizou–se a primeira intervenção cirúrgica com anestesia geral, no General Hospital em Boston, o cirurgião John Collins Warren realizou a extirpação de um tumor no pescoço de um jovem de dezassete anos, Gilbert Abbot, o paciente foi anestesiado com éter pelo dentista William Thomas Green Morton, que utilizou um aparelho inalador por ele idealizado, a cena não foi documentada fotograficamente porque o fotógrafo se sentiu mal ao presenciar o ato cirúrgico, porém em 1882 foi imortalizada num quadro do pintor Roberto Hinckley.

1846 – Eleito o Papa Pio IX, Giovanni Maria Mastai Ferretti, Arcebispo de Imola, judeu e maçon, assinou 240 sentenças de morte, assistiu à proclamação da república romana que repeliu à segunda tentativa com a ajuda de 36.000 soldados do gen. Oudinot, porém viu o rei Vitor Emanuel I anexar o estado pontifício ficando somente com a basílica e jardins do Vaticano, chegou a estar prisioneiro no Vaticano durante os últimos 8 anos do pontificado, proclamou o dogma da imaculada conceição, fixou a sua comemoração a 8/12 e o dogma da infalibilidade do Papa, consagrados no I Concílio do Vaticano em agosto de 1839.

1899 – Nasceu em Freixo–de–Espada–à–Cinta, Manuel Matias Sarmento Rodrigues, vice–almirante, aderiu ao Estado Novo, governador da Guiné e deputado por Moçambique em 1949, chefe do estado maior da armada, administrador da Diamang e do B.N.U., foi detido em dezembro de 1974 sendo libertado em fevereiro seguinte sem acusação formada, em 1978 foi nomeado presidente da Academia da Marinha, autor de vasta obra histórica, técnica e de reflexão, tendo sido distinguido com várias condecorações. Faleceu em 1/8/1979.

1956 – Encerrado em Lisboa para demolição, o Teatro Apolo, na Rua da Palma.

1970 – Faleceu no Hospital de São Luís dos Franceses, em Lisboa, José Sobral Almada Negreiros.

1985 – Autorizado o primeiro casamento inter–racial na África do Sul, que era proibido.