Cruzeiro

De Odivelas para o Mundo

Current track

Title

Artist

Current show

Current show


METRO DE SUPERFÍCIE VAI LIGAR LINHA AMARELA A LOURES

Written by on Julho 6, 2021

Paulo António Monteiro

Metro Ligeiro de Superfície Loures/Odivelas: investimento de 250 milhões de euros do
Plano de Recuperação e Resiliência

Odivelas 6 de Junho 2021 – Serão 18 estações e 12,1 km de extensão de linha, para servir uma população de 174 mil habitantes. O Metropolitano de Lisboa, a Câmara Municipal de Loures e a Câmara Municipal de Odivelas formalizaram esta segunda-feira, 05 de julho, a assinatura do Protocolo de Cooperação para o desenvolvimento de uma rede de Transporte Coletivo em Sítio Próprio (TCSP), em modo de Metro Ligeiro de Superfície (MLS) que ligará os Concelhos de Loures e Odivelas, através da estação de Odivelas do Metropolitano de Lisboa. Em Odivelas, irá servir as freguesias de Póvoa de Santo Adrião, Olival Basto, Odivelas, Ramada e Caneças.

Ainda no âmbito deste Protocolo, foi anunciado que competirá ao Metropolitano de Lisboa desenvolver os estudos prévios e a avaliação da viabilidade e conceção desse projeto de mobilidade de transporte, não
descurando a sua harmonização com as áreas urbanas envolvidas.

A cerimónia contou com a presença do Primeiro-ministro, António Costa, do Ministro do Ambiente
e da Ação Climática, João Pedro Matos Fernandes e do Secretário de Estado da Mobilidade,
Eduardo Pinheiro.

O Metro Ligeiro de Superfície Loures/Odivelas servirá as freguesias de Loures, Santo António dos
Cavaleiros e Frielas, no Concelho de Loures, com 10 estações e 6,7 km.

No Concelho de Odivelas, irá servir as freguesias de Póvoa de Santo Adrião, Olival Basto, Odivelas,
Ramada e Caneças, com 8 estações e 5,4 km.

Esta linha irá estender-se num corredor em “C”, que ligará os dois términos, o Hospital Beatriz
Ângelo e o Infantado (ambos situados no Concelho de Loures), à estação de Odivelas.

A imagem que foi utilizada para acompanhar a publicação, é uma dos vários planos que geralmente surgem altura de eleições. Este contemplava a expansão da linha amarela do metro, que bifurcava, seguindo um lado para Loures, outro para Odivelas até Caneças.

Aqui está o diagrama do mais recente traçado, agora presentado num versão light que implicará mais um transbordo a acrescentar ao previsto no Campo Grande devido ao prolongamento do Largo do Rato até ao Cais do Sodré.

 

Esperemos que desta vez seja concretizada esta obra de ligação a Loures e ao interior de Odivelas, agora apresentada em versão light,  que tanta falta faz a uma enorme massa de população que se desloca diariamente a Lisboa para ganhar o seu sustento.

Paulo António Monteiro


Reader's opinions

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *