Cruzeiro

De Odivelas para o Mundo

Faixa Atual

Título

Artista

Atual

Cruzeiro da Noite

02:00 08:00

Atual

Cruzeiro da Noite

02:00 08:00


LOURES: BLOCO CONTESTA AJUSTE DIRETO NA ÁREA DOS SEGUROS E QUER ESCLARECIMENTOS

Escrito por em Março 27, 2018

O Bloco de Esquerda questionou a Câmara Municipal de Loures sobre um contrato de 788 mil euros, por ajuste direto, com a Ponto Seguro, mediadora de seguros que mantém contratos com grande parte das autarquias da CDU.

Em requerimento enviado à autarquia, os bloquistas de Loures pretendem saber porque necessita a Câmara de serviços de mediação de seguros e não contrata diretamente com as seguradoras e porque não houve lugar à abertura de um concurso público para serviços de mediação de seguros antes da contratação da Ponto Seguro.

O Bloco quer ainda esclarecimentos sobre os critérios que levaram à contratação da mediadora de seguros Ponto Seguro e saber se foram consultadas outras empresas de mediação de seguros do concelho antes da respetiva adjudicação.

De referir ainda que a Fidelidade, representada pela Ponto Seguro, ganhou o contrato para os seguros de acidentes de trabalho dos trabalhadores da autarquia. A Ponto Seguro tem como principais clientes autarquias lideradas pela CDU, casos das câmaras municipais de Évora, Alcochete, Palmela, Seixal, Santiago do Cacém, Cuba, Castro Verde e Borba.

Ajustes diretos como este da Ponto Seguro não abonam particularmente a favor da transparência na contratação autárquica, que, já de si, tem hoje uma imagem bastante abalada“, aponta Fabian Figueiredo, candidato bloquista à Câmara Municipal de Loures nas últimas eleições autárquicas, que acrescentou ainda que “Importa esclarecer os munícipes e os contribuintes sobre a forma como os seus impostos estão a ser aplicados pela Câmara Municipal de Loures, sobretudo no que se refere a ajustes diretos de elevados montantes, como é o caso”.

Marcado como