Cruzeiro

De Odivelas para o Mundo

Current track

Title

Artist

Current show

Current show


FIM DA LOUÇA DE PLÁSTICO NA RESTAURAÇÃO

Written by on Janeiro 30, 2018

Na próxima 6ª feira, dia 2 de fevereiro, dois projetos de lei que pretendem materializar as preocupações da comunidade científica, associações governamentais de ambiente e comunidade europeia sobre a dependência do plástico são levados a debate na Assembleia da Republica por iniciativa do PAN – Pessoas Animais Natureza.

Os dois projetos propõe o fim da utilização de louça descartável de plástico em alguns setores da restauração

·         Inclui todos os utensílios utilizados apenas uma vez no consumo de refeições, nomeadamente pratos, tigelas, copos, colheres, garfos, facas, palhinhas e palhetas de café. As refeições e bebidas que se destinem ao consumo no próprio estabelecimento ou áreas afetas devem ser servidas em louça reutilizável

Valores médios dos últimos anos indicam que apenas 30% do lixo produzido em Portugal é reciclado, sendo o restante incinerado ou aterrado, com as enormes implicações ambientais que acarreta.
Várias empresas e profissionais especializados têm vindo alertar publicamente para a impossibilidade de Portugal cumprir as metas de 2020, uma vez que a produção de resíduos tem vindo a aumentar. Será muito difícil reduzir a deposição de resíduos em aterro dos 45% alcançados em 2015 para os 35% em 2020. O Plano Nacional de Gestão de Resíduos 2014-2020 tem por meta reciclar 50% dos resíduos com potencial para serem reciclados, em 2015 apenas 36% foram reciclados. Segundo a Comissão Europeia, na União Europeia entram anualmente no oceano entre 150 000 a 500 000 toneladas de plástico. Estes resíduos acabam por se acumular em zonas vulneráveis tais como o Mar Mediterrâneo ou o Oceano Ártico.