Cruzeiro

De Odivelas para o Mundo

Current track

Title

Artist

Current show

Current show


FOTÓGRAFO FERNANDO PEREIRA MORTO HÁ 35 ANOS NO ATENTADO DOS SERVIÇOS SECRETOS FRANCESES CONTRA EMBARCAÇÃO DO GREENPEACE

Written by on Julho 10, 2020

Fernando Pereira Fotógrafo, vítima do atentado à bomba efetuado por agentes secretos franceses, ao navio Rainbow Warrior

No dia 10 de Julho de 1985 – Os serviços secretos franceses afundaram o ‘Rainbow Warrior’ do grupo pacifista e ecologista ‘Greenpeace’, causando a morte do fotógrafo português Fernando Pereira, que se encontrava no interior do navio, atracado em Auckland, na Nova Zelândia.

O Rainbow Warrior tinha como destino o Atol Moruroa, uma ilha no Pacífico Sul da Polinésia Francesa, onde França estava a planear uma série de testes nucleares.

Depois de se terem feito passar por turistas suíços para visitar o navio, que estava aberto ao público, uma equipa de 12 agentes franceses fez explodir duas bombas quando a maioria da tripulação estava ainda a dormir.

A primeira bomba provocou um grande buraco no casco do navio e a segunda explodiu precisamente quando o fotógrafo português regressou ao barco para ir buscar as suas câmaras.

Fernando Pereira, na altura com 35 anos de idade, ficou preso na cabine e acabou por morrer dentro do navio afundado.