Cruzeiro

De Odivelas para o Mundo

Faixa Atual

Título

Artista

Atual

Savana

11:00 13:00

Atual

Savana

11:00 13:00


EFEMÉRIDES: 8 DE SETEMBRO – DIA INTERNACIONAL DA ALFABETIZAÇÃO

Escrito por em Setembro 8, 2018

EFEMÉRIDES

8 de setembro

Dia Internacional da Alfabetização, Dia da Solidariedade das Cidades Património Mundial, Dia Mundial da Fisioterapia.

Feriado Municipal em 12 municípios portugueses: em Lagoa e Ponta do Sol, onde se presta culto a Nossa Senhora da Luz, em Lamego, em Honra de Nossa Senhora dos Remédios, em  Mangualde, onde se celebra a devoção a Nossa Senhora do Castelo, em  Marco de Canaveses, onde se honra Nossa Senhora do Castelinho, em Marvão em torno da imagem de Nossa Senhora da Estrela, em Montemor-o-Velho, onde se presta culto a Nossa Senhora da Vitória, em Murtosa, onde se celebra a devoção a Santa Maria, na  Nazaré, em honra de Nossa Senhora das Areias, em  Odemira, onde se celebra a devoção a Nossa Senhora da Piedade, em  Ourique, onde se presta culto a Nossa Senhora da Cela e em Sabrosa, onde se venera Nossa Senhora do Rosário.

1545 – Uma expedição espanhola chegou a Florida, onde fundou o primeiro povoado europeu na América do Norte.

1888 — Teve início, com doze clubes, a Football League, futura Liga inglesa.

1918 – Por causa dos efeitos causados pela Primeira Grande Guerra, começam a ser distribuídas, em Portugal, as senhas de racionamento e cartas de consumo.

1928 – A FIFA decidiu que o primeiro mundial de futebol se viesse a realizar no Uruguai, em 1933.

1936 – Deu-se a Revolta dos Marinheiros, que foi o levantamento da Organização Revolucionária da Armada, organização militar clandestina afeta ao PCP, contra a ditadura de Oliveira Salazar.

1972 – Israel lançou vários ataques contra bases e instalações da OLP, em retaliação pela morte dos 11 atletas olímpicos, em Munique.

1982 – Foram unificados dos três principais ramos da Igreja Luterana.

1995 – Terminaram, em Lisboa, as negociações luso-espanholas sobre a partilha da água dos rios ibéricos.

2000 – No encerramento da Cimeira do Milénio da ONU, em Nova Iorque, 146 nações comprometeram-se a lutar contra a guerra e a pobreza. Os países membros assinaram, em conjunto, a Declaração do Milénio, que fixou os “Objetivos de Desenvolvimento do Milénio” que deveriam ter sido atingidos até 2015.

2004 — A cápsula da sonda Génesis despenhou-se no deserto do Utah, nos EUA, no regresso a Terra com partículas recolhidas no “vento solar”.

2005 – A Comissão Europeia atribui 356 milhões de euros a estudos da rede transeuropeia de transportes, dedicando 13 milhões ao projeto de instalação do TGV em Portugal.

— Começou a implosão das torres do antigo complexo turístico da Torralta, em Troia. 2010 – Nove portugueses morreram e 36 ficam feridos quando um autocarro de turismo onde seguiam caiu numa ravina, em Ceuta.

2011 — Foi aprovada no Parlamento, com os votos contra de toda a oposição, a alteração ao Código do Trabalho que estabeleceu um novo sistema de compensações na cessação de contrato de trabalho reduzindo dos até então 30, para 20 dias.

2015 – O cabeça de lista do Partido da Terra pelo Porto, entrou em greve de fome para reclamar o pagamento de uma alegada dívida do Estado.

2016 – O Ministro da Defesa, Azeredo Lopes, anunciou a suspensão dos cursos de comandos, até que esteja concluído o inquérito à morte do militar, que pereceu, segundo o médico que acompanhava a instrução, por “um golpe de calor”.

2017 – Soube-se que Portugal estaria entre um conjunto de 27 países europeus e norte-americanos que foram influenciados pela Rússia, segundo dados recolhidos pela organização Alliance for Securing Democracy of the German Marshall Fund. De acordo com uma análise feita pela organização de monitorização de segurança, divulgada pelo  jornal “USA Today”, a Rússia interferiu, desde 2004, na política destes 27 paises.

===============.

Este é o ducentésimo quinquagésimo primeiro dia do ano. Faltam 114 dias para o termo de 2018.

Pensamento do dia: “As artes são o mais seguro meio de refúgio do mundo e são também o meio mais seguro de se unir a ele”. Franz Liszt (1811-86), compositor húngaro.

 

Marcado como