Cruzeiro

De Odivelas para o Mundo

Faixa Atual

Título

Artista

Atual

Cruzeiro da Noite

02:00 08:00

Atual

Cruzeiro da Noite

02:00 08:00


EFEMÉRIDES: 21 DE DEZEMBRO – É O DIA MAIS PEQUENO DO ANO

Escrito por em Dezembro 21, 2018

EFEMÉRIDES

21 de dezembro

Hoje chega o Inverno às 22.23.

1694 – Nasceu Voltaire, pseudónimo de François-Marie Arouet, escritor e filósofo francês, autor de “Candide” e do “Tratado sobre a Tolerância”.

1857 – Nasceu o pintor Columbano Bordalo Pinheiro. Foi o quarto filho do também pintor e escultor Manuel Maria Bordalo Pinheiro e de sua esposa Augusta Maria do Ó Prostes. Entre os seus irmãos está o caricaturista Rafael Bordalo Pinheiro. Columbano iniciou a sua formação na Academia de Belas Artes de Lisboa, onde foi aluno de Simões de Almeida, afamado escultor do romantismo português. Após comcluir a sua formação, rumou a Paris, onde fez sucesso e de regresso a Portugal juntou-se ao “Grupo de Leão”. Deixou retratos célebres de Ramalho Ortigão, Teófilo Braga, Eça de Queirós e Antero Quental, que foram por ele pintados. Em 1901 tornou-se professor de pintura histórica na Academia de Belas Artes de Lisboa, escola onde se formara e foi colaborador artístico das revistas “O António Maria”, “Atlântida” e “Contemporânea”.

1877 – Thomas Edison apresentou o fonógrafo.

1960 – Portugal aderiu ao Fundo Monetário Internacional.

1984 – As relíquias de São Francisco Xavier, o Apóstolo do Oriente, foram expostas ao público na Sé Catedral de Goa.

1991 – Portugal solicitou ao Vaticano intervenção sobre o massacre no Cemitério de Santa Cruz, em Díli.

1996 – Terminou o Fórum Mundial de Televisão da ONU, que instituiu o Dia Mundial da Televisão, convidando os estados membros a promover “trocas de programas sobre questões da paz e o desenvolvimento social e económico”.

2003 – Morreu o investigador e etnógrafo dos Açores Augusto Gomes, 82 anos.

2007 – Portugal qualificou-se para a fase final do Campeonato da Europa ao empatar a zero com a Finlândia, em jogo do grupo A de Apuramento, disputado no Estádio do Dragão, no Porto.

2008 – Entre vinte a vinte e cinco mil trabalhadores da Função Pública, segundo os dados do Comando Metropolitano da PSP, manifestaram-se em frente à Assembleia da República para reivindicarem aumento salarial.

2009 – Morreu Jorge Ferreira, antigo líder parlamentar do CDS-PP. Foi vice-presidente da Juventude Centrista na década de 1980 e do CDS-PP em 1995 e 1996, durante a liderança de Manuel Monteiro. Foi ainda co-fundador do Partido Nova Democracia e tinha apenas 48 anos, à data da sua morte.

2013 – Os profissionais das forças de segurança, que se manifestavam em Lisboa, derrubaram as barreiras de segurança colocadas no fundo da escadaria da Assembleia da República e gritando “invasão” e acompanhados por muitos assobios, subiram a escadaria, obrigando ao reforço do dispositivo policial.

2014 – Paula Teixeira da Cruz, à altura, ministra da Justiça exonerou o presidente do Instituto de Registos e Notariado e a secretária-geral do Ministério da Justiça, que se encontravam ambos em prisão preventiva no âmbito da Operação Labirinto, que investigava a atribuição de vistos “gold”.

2015 – Quatro instituições de ensino superior privadas, sem capacidade para assegurar a manutenção dos estabelecimentos, face à queda significativa da procura decidiram encerrar. Foram o Instituto Superior de Educação e Trabalho, no Porto, Instituto Superior Bissaya Barreto, em Coimbra, Instituto Superior de Espinho e Escola Superior de Educação de Torres Novas.

2016 – O Estado assumiu a dívida histórica da Carris, no valor de 700 milhões de euros. Na altura, o primeiro-ministro António Costa defendeu que a transferência da Carris para a Câmara de Lisboa mostra que o “bom senso prevaleceu sobre o fanatismo ideológico” e que o Estado não faz favor nenhum ao assumir a dívida existente.

2017 – O Presidente da República aproveitou uma conferência sobre educação para lembrar aos professores que a “crise deixou marcas profundas” e que é “uma ilusão achar que é possível voltar ao ponto antes da crise”.

===============.

Este é o tricentésimo vigésimo sexto dia do ano. Faltam 40 dias para o termo de 2018.

Pensamento do dia: “Não há por onde fugir”. Harold Pinter (1930), dramaturgo britânico, Nobel da Literatura 2005.

Marcado como