Cruzeiro

De Odivelas para o Mundo

Faixa Atual

Título

Artista

Atual

Liqquid Grooves

14:00 15:00

Atual

Liqquid Grooves

14:00 15:00


EFEMÉRIDES: 18 DE ABRIL – FAZ 20 ANOS QUE ABRIU O TROÇO ROSSIO – C. SODRÉ DO METRO DE LISBOA

Escrito por em Abril 18, 2018

EFEMÉRIDES

18 de abril

Dia Internacional dos Monumentos e Sítios e Dia Europeu da Segurança do Doente.

1792 – O poeta português Tomás António Gonzaga foi condenado a degredo perpétuo, em Moçambique.

1906 – Um sismo na cidade de  São Francisco, na Califórnia, provocou incêndios na cidade e a morte a perto de 700 pessoas.

1925 — Foi declarado o estado de sítio em todo o país e foram suspensas as garantias constitucionais, na sequência da tentativa de golpe militar chefiado por Sinel de Cordes, general monárquico, Filomeno da Câmara, capitão-de-fragata, Raul Esteves, tenente-coronel e republicano conservador. Passados três meses a revolta ressurgiria da Marinha.

1928 – O engenheiro Duarte Pacheco, diretor do Instituto Superior Técnico, tomou posse da pasta da Instrução.

1947 — Realizou-se em Paris o primeiro congresso da Federação Internacional de Voleibol em que participam Bélgica, Brasil, Checoslováquia, França, Holanda, Israel, Itália, Líbano, Polónia, Portugal, Roménia, Turquia, Uruguai e Estados Unidos da América.

1951 – Morreu o marechal Óscar Carmona. Foi o 11º presidente da República portuguesa. Um dos líderes do golpe militar de 28 de Maio de 1926 que viria a  er Ministro da Guerra e ministro dos Negócios Estrangeiros. Foi nomeado presidente da República interino em 1926 e eleito em 1928, ainda durante a Ditadura Militar dando início ao período denominado Ditadura Nacional e, já na vigência da Constituição de 1933 em 1935, 1942 e 1949. Acabou por não concluir o último mandato por ter falecido no decurso do mesmo. Foi agraciado com a Grã-Cruz da Ordem dos Santos Maurício e Lázaro de Itália e os seus restos mortais estão sepultados no Panteão Nacional.

– A França, Alemanha Federal, Itália, Bélgica e Luxemburgo assinam, em Paris, o tratado fundador da primeira comunidade europeia, o Tratado do Carvão e do Aço.

1955 – Morreu, em Princetown, EUA, o físico e matemático Albert Einstein, fundador da Teoria Geral da Relatividade, Nobel da Física em 1921.

1983 – Um atentado suicida contra a Embaixada dos EUA em Beirute causou a morte de 62 pessoas.

1998 — Abriu o prolongamento da Linha Verde do Metro, em Lisboa, com a ligação Rossio-Cais do Sodré.

2002 – Morreu Álvaro Guerra, os 65 anos. Foi escritor, jornalista e diplomata português, autor de “Os Mastins” e da trilogia “Café República”, “Café Central” e “Café 25 de Abril”.

2005 — Começou o Conclave para a eleição do sucessor de João Paulo II.

2007 – A UEFA atribuiu à Polónia e à Ucrânia a organização do Campeonato da Europa de futebol de 2012.

– O escritor moçambicano Mia Couto foi distinguido com o Prémio União Latina de Literaturas Românicas 2007.

2012 – O Governo de Pedro Passos Coelho considerou que ainda haveria muita margem para limitar as indemnizações por despedimento em Portugal. Uma delas seria, inclusive, o fim da consagração das indemnizações no Código do Trabalho.

2013 – Três homens dos Emirados Árabes Unidos foram forçados a abandonar um dos mais importantes festivais culturais na Arábia Saudita, e depois o país, por serem ”demasiado bonitos”. A polícia religiosa saudita considerou a sua presença perigosa por serem uma possível tentação para as mulheres

2014 – Uma médica cardiologista luso-venezuelana foi detida pelas autoridades por oferecer alimentos a manifestantes que aguardavam o resultado de uma audiência judicial a estudantes presos nos protestos que ocorreram naquele país.

2017 – Ao fim de dez anos de silêncio, uma das amas que cuidou de Madeleine McCann, a criança britânica que desapareceu no Algarve, em 2007, conta o que aconteceu na fatídica noite, ilibando os pais de responsabilidades, culpando a polícia portuguesa e queixando-se da insegurança na zona.

===============.

Este é o centésimo oitavo dia do ano. Faltam 257 dias para o termo de 2017.

Pensamento do dia: “Duas coisas são infinitas, o universo e a estupidez humana. Mas, no que respeita ao universo, ainda não adquiri a certeza absoluta”. Albert Einstein (1879-1955), cientista norte-americano de origem alemã.

Marcado como