Cruzeiro

De Odivelas para o Mundo

Current track

Title

Artist

Current show

Current show


EFEMÉRIDES: 1 DE DEZEMBRO – DIA DA RESTAURAÇÃO

Written by on Dezembro 1, 2018

EFEMÉRIDES

1 de dezembro

Dia da Restauração da Independência de Portugal, Dia Mundial de Luta Contra a Sida e Dia do Selo.

1640 – Foi proclamada a Restauração da Independência de Portugal. Foi um golpe de estado revolucionário chefiado por um grupo designado por Os Quarenta Conjurados e que se alastrou por todo o Reino, pela revolta dos portugueses contra a tentativa da anulação da independência do Reino de Portugal pela governação da dinastia filipina castelhana, e que veio a culminar com a instauração da 4ª Dinastia Portuguesa, a Dinastia de Bragança, com a aclamação de D. João IV. Esse dia, designado como Dia da Restauração tem sido comemorado anualmente em Portugal, com muita pompa e circunstância, desde o tempo da monarquia constitucional. Uma das primeiras decisões da República Portuguesa, em 1910, foi passá-lo a feriado nacional como medida popular e patriótica. No entanto, essa decisão foi revogada pelo XIX Governo Constitucional, liderado por Pedro Passos Coelho, que justificou a suspensão do feriado com os constrangimentos económicos por que passava Portugal, àquela altura, passando o feriado a comemorar-se em dia não útil a partir de 2012. Porém, a partir de 2016, as comemorações do 1º de Dezembro voltaram a realizar-se no dia 1º de dezembro, voltando, por isso, a ser feriado nacional, por decisão do  XXI Governo Constitucional, liderado por António Costa.

1911 – O Censo da População de Portugal, apurou uma população de quase 6 milhões de habitantes  no território continental e insular, o que representava um aumento de 9,9% em relação ao anterior, o censo de 1900. Lisboa concentra mais de 435 mil  habitantes, o que representava um crescimento de 22% em relação ao início do século.

1918 – A Islândia tornava-se independente.

1868 – Saiu o primeiro número de O Primeiro de Janeiro, diário portuense, já extinto.. A publicação deve o seu título às manifestações da Janeirinha, que em 1 de Janeiro de tinham iniciado o processo que levou ao fim da Regeneração. António Augusto Leal era proprietário de uma tipografia e decidido criar um novo jornal na cidade do Porto, que não teve grande sucesso inicialmente, apenas sobrevivendo com o auxílio de um comerciante regressado do Brasil, Gaspar Baltar, que depois, se tornou administrador da publicação, ficando o seu filho homónimo com a direcção editorial. Com uma visão empresarial mais moderna e uma preocupação de realizar bom jornalismo, pai e filho não apenas salvaram o jornal, como o tornaram numa referência no sector.

1954 – Foi inaugurado o Estádio da Luz, no dia da Restauração da Independência, uma data simbólica. À época era o maior estádio da Europa e o terceiro maior do mundo e foi batizado como Estádio da Luz por se localizar na paróquia histórica da “Luz” junto da Igreja de Nossa Senhora da Luz. Na época de 1986/87 registou a sua maior assistência de sempre: foram 135 mil que assistiram à vitória do Benfica sobre o Porto por 3-1. Remodelado em 2003, para o Euro- 2004 diminuiu a sua lotação para pouco mais de 65 mil espetadores.

1959 – A Antárctica foi proclamada em Washington como área dedicada à investigação científica, ficando livre de ensaios militares.

1969 – Foi criada a Companhia Portuguesa de Electricidade.

1973 – Realizou-se em Óbidos, uma reunião histórica do Movimento dos Capitães, que levaria à Revolução de 25 de Abril. Cerca de 80 delegados de unidades militares do continente, debateram alguns dos pontos mais importantes para o movimento de contestação ao regime fascista e escolheram os possíveis chefes a quem o movimento entregaria o poder após a revolução. Costa Gomes foi o mais votado seguido de António de Spinola. e foi, também, escolhida a Comissão Coordenadora Executiva do Movimento, que era composta por 19 militares, entre os quais estavam Vasco Lourenço, Otelo Sraiva de Carvalho, Marques Júnior, Sousa e Castro, Luis Macedo, Hugo dos Santos, Salgueiro Maia, Pinto Soares, Manuel Monge e Miquelina Simões.

1983 – O Prémio D. Dinis da Fundação Casa de Mateus foi atribuído a Fernando Namora pelo seu romance, “Rio Triste”.

1999 – Uma equipa internacional de cientistas anunciou o mapeamento do cromossoma humano.

2002 – Morreu Baltazar Rebelo de Sousa, antigo ministro de Oliveira Salazar, ex-governador de Moçambique e pai do atual Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa.

2008 – O novo regime do divórcio entrou em vigor com seis alterações fundamentais à anterior lei, acabando nomeadamente com o divórcio litigioso, o “divórcio sanção assente na culpa”

2009 – Entrou em vigor o Tratado de Lisboa. A entrada em vigência foi assinalada numa cerimónia comemorativa em Lisboa, organização conjunta do Governo português, da Presidência Sueca da União Europeia, da Comissão Europeia e da Câmara Municipal de Lisboa. A cerimónia realizou-se junto à Torre de Belém, a poucos metros do Mosteiro dos Jerónimos, local onde foi assinado pelos 27 líderes da UE o novo Tratado da União.

2016 – Um grupo de neurocientistas da Universidade de Cambridge, no Reino Unido, descobriu como remover medos específicos dos cérebros de pacientes, usando uma combinação de inteligência artificial e uma tecnologia de digitalização do cérebro.

=============.

Este é o tricentésimo trigésimo quinto dia do ano. Faltam 30 dias para o termo de 2018.

Pensamento do dia: “Na maioria das sociedades atuais falta aos homens públicos o valor não só para ousar o bem mas, até, para praticar francamente o mal. Deste facto psicológico, que assinala as épocas de profunda decadência moral, deriva a hipocrisia”. Alexandre Herculano (1810-67), escritor, historiador, investigador e político português.

Tagged as