Cruzeiro

De Odivelas para o Mundo

Current track

Title

Artist

Current show

Current show


CONCELHIA DO PCP DE LOURES EMITE COMUNICADO SOBRE O IMPACTO DA COVID-19

Written by on Junho 1, 2020

A Concelhia do PCP de Loures emitiu um comunicado onde faz um balanço da pandemia e do impacto nas populações do concelho, onde enaltece o papel da  das freguesias do concelho nas medidas de mitigação ao surto epidémico, na proteção e segurança dos seus trabalhadores, na higienização dos espaços públicos, no apoio à população mais vulnerável e salienta a importância do reforço do serviço nacional de saúde e da continuação da defesa dos direitos e garantias dos trabalhadores.

«Defender os direitos das populações e dos trabalhadores no concelho de Loures.

Tal como no país, no concelho de Loures é também inegável o impacto do surto epidémico no plano económico e social. A Comissão Concelhia de Loures do PCP chama a atenção para a degradação da situação económica e social no concelho. A realidade é que o vírus não atinge todos da mesma maneira. O vírus é particularmente mais violento para os trabalhadores e entre aqueles onde imperam os baixos salários, a precariedade, o desemprego e a pobreza.

Os desenvolvimentos em torno do Covid-19, assolam milhares de trabalhadores do concelho, confrontados que estão com a perda de salários e a redução significativa do  seu poder de compra, assim como os micro, pequenos e médios empresários, também eles se veem confrontados com os riscos de falência de empresas, por via da perda de rendimentos e a redução significativa do poder de compra por parte da população. São por isso enormes os impactos no plano social e económico, aos quais acrescem os problemas e limitações nos serviços públicos que dificultam a resposta que seria agora necessária. Ao mesmo tempo que expôs desigualdades, o surto epidémico relevou também a centralidade do trabalho na sociedade.

Uma vez mais a Comissão Concelhia de Loures do PCP saúda todos os trabalhadores e enaltece o papel que assumiram e continuam a assumir, mesmo em situações de risco, no combate à epidemia e no funcionamento de sectores fundamentais para o País, confirmando que a valorização do trabalho e dos trabalhadores é justa e necessária.

A Comissão Concelhia de Loures do PCP enaltece também o papel da Câmara Municipal de Loures e das freguesias do concelho nas medidas de mitigação ao surto epidémico, na proteção e segurança dos seus trabalhadores, na higienização dos espaços públicos, no apoio à população mais vulnerável, aos estudantes e à economia local, na intervenção junto das instituições de solidariedade social e do movimento associativo concelhio, implementando até aqui um largo número de medidas no âmbito do combate ao covid-19 que importa valorizar e prosseguir. No entanto, sem subestimar a complexidade que a atual situação de saúde pública suscita, o facto é que cabe ao Governo PS optar pelos trabalhadores e pelo povo e não submeter as suas opções aos interesses do grande capital e à submissão e imposições da União Europeia, orientando-se por critérios e opções da política de direita.

No concelho de Loures, uns olham para a evolução do vírus e a situação complexa com que as populações no país e no concelho se confrontam como uma oportunidade para  atacar o PCP e a Câmara Municipal de Loures adotando posições difamatórias e irresponsáveis e outros para projetar conceções reacionárias e suas agendas anti democráticas, assumindo posturas demagógicas e populistas. O PCP e os seus eleitos não se desviam do essencial: prosseguir o combate ao vírus e não ceder na defesa dos direitos dos trabalhadores e das populações. É o momento em que o país e o concelho precisam de ver reforçado o Serviço Nacional de Saúde e em especial a intervenção das equipas de saúde pública. Não apenas para estar à altura da resposta necessária que o momento exige no plano da prevenção, mitigação e resposta clínica ao atual surto epidémico, mas também e sobretudo, para corresponder inteiramente à garantia do direito do povo português à saúde em todos os outros planos e dimensões. É com este objetivo que o PCP apresentou um plano de emergência para o reforço do investimento do SNS, do seu número de profissionais e meios técnicos.

O SNS é o único instrumento capaz de salvaguardar o direito à saúde de todos os portugueses. É o momento para exigir mais e melhores transportes públicos, continuando a luta pela exigência de trazer o metro até Loures e exigir da rodoviária de Lisboa a reposição da oferta, das carreiras e dos horários que s ervem as necessidades da população do concelho, de forma a combater o vírus, fazendo respeitar o distanciamento social, a higienização e limitação da ocupação dos autocarros, garantindo a proteção dos seus trabalhadores e dos utentes.

Não há combate ao vírus sem um serviço público de transportes que garanta a segurança e a mobilidade aos seus utentes. É o momento, pois a realidade assim o exige, a lutar contra os despedimentos e os cortes nos salários. É o momento para lutar pelo direito à Habitação. É o momento para impedir a liquidação da atividade de milhares de micro, pequenas e médias empresas (MPME) e a ruína de pequenos produtores. É o momento para estar ao lado das instituições de solidariedade social, das associações de bombeiros e do movimento associativo popular na exigência junto do Governo para que efetivamente lhes faça chegar os apoios e financiamento que ao Estado cabe garantir para que prossigam coma sua atividade e papel junto das comunidades onde se inserem. É o momento de combater o vírus e defender os direitos dos trabalhadores e das populações do concelho de Loures. O PCP não hesitará em travar esta luta. 29 Maio 2020»

 

Tagged as